25 agosto 2010

Das coisas ruins e boas da vida

Sabe quando você tá cansada? assim, acabada. Peguei uma gripe forte na terça-feira passada, fiquei mal mas mesmo assim tinha aula, trabalho, casa e filha ? Aí fui levando... E pra me ajudar a cidade tá tapada de fumaça, me sinto morando em São Paulo, aí os olhos ardem, a boca seca, a garganta arde, eu fico tossindo igual velho e tudo parece só piorar....

E pra me deixar um pouquinho mais triste hoje minha prima me mandou as fotos do casamento dela. Sim, eu sei que casamento é pra ser feliz, mas é que o pai dela, um tio que eu sempre adorei, faleceu alguns dia após a cerimônia. E hoje, olhando as fotos em que ele entra com ela percebi que ele estava chorando, muito emocionado, e percebi que talvez ele soubesse...Assim como minha , que queria muito viajar para a praia, mesmo doente. Ela foi em uma quarta, voltou na outra e faleceu no domingo seguinte, com o desejo realizado...

Sei que esse blog não é pra falar de coisas tristes, mas quero que a Gabi cresça e saiba que as vezes mamães também ficam tristes e perdem um pouco a paciência.. mas que isso não demonstra falta de amor, pois me sinto transbordando de amor por ela, pelo papai e por todas as pessoas que fazem a diferença na minha vida...

Mas chega de tristeza ? Fiquei beeeem feliz de ganhar meus primeiros selinhos da blogosfera. Aí vão eles:


A regra é dizer em que situação você lançaria esse olhar Garfield pra alguém... E me lembrou de quando eu estava com a Gabi na praça, ela tinha um dois meses e era (como hoje) a cópia exata do pai. Aí uma senhora vem e me pergunta se eu sou BABÁ dela!!!!!!! Sim, lancei esse olhar e larguei um 'Não, é minha mesmo, eu que pari.' E sai andado...ooo povinho metido!

Já esse outro é pra enumerar cinco motivos pelos quais eu amo ser mãe...

Pois bem, eu amo ser mãe porque:
* não há nada melhor do que acordar ao som de um 'mamaiiinn'...
*faz com que você perceba que o mundo vai bem além de seu umbigo e que é bom começar a se preocupar com aquele serzinho lindo e indefeso...
*é tudo de bom ver o maridão cuidando da pequena, ensinando mil coisas, e a maternidade (e paternidade) só nos deixou mais unidos(pois quem aguenta um RN em casa aguenta tudo!)
*ter um filho lhe dá objetivos na vida, lhe ensina a administrar melhor o tempo e faz com que a vida fique mais leve
*e por fim, pois é muito emocionante receber um abraço ou um beijo assim, do nada, simplesmente porque você existe!

5 comentários:

  1. Depois que a gente vira mãe, parece que somos transferidas para outra espécie de ser vivo. Mas a verdade é que temos de lembrar que ainda somos humanos, e ninguém é perfeito não é mesmo?

    E essa da babá hein! Mereceu o olhar do Garfield mesmo! Eu adorava era falar para as pessoas que olhavam feio que os meus irmãozinhos eram meus filhos. Cada um que cuide da sua vida né... quem mandou ser intrometido (só para criticar, o que é pior)hehehe

    Não se preocupe que o final de semana está próximo, e daqui duas semanas tem feriado, pra você descansar e aproveitar bastante o colinho da Gabriela!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. ai ai!!!já aconteceu comigo tb!!! e sei como é!!!rssrss
    quanto as cinco coisas qda maternidade...ah!!!!enumerar só cinco???tarefa dificil!!!!hauahuaauahua mas vc fez com maestria!!rsrsrs
    bj bj bj


    Só as mães são felizes!
    http://www.coisa-de-mae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Pois é Amanda, nem sempre a gente consegue manter o astral lá nas alturas...

    As vezes o cansaço e aborrecimentos derrubam a gente.

    Bom é saber que passa logo, né?

    Beijinhos pra vocÊs

    ResponderExcluir
  4. tem mais selinho lá pra vc!!!tô uma maquina de selinho meninaaaaa!!!!!hauahuahuahauha


    Só as mães são felizes!
    http://www.coisa-de-mae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Tem um selinho pra você no blog!! =)
    Beijo!

    ResponderExcluir